Gestão Estratégica de Finanças

 

Uma boa gestão financeira é fundamental para qualquer organização ser bem-sucedida e atingir as metas de curto e longo prazo dos seus planos, atendendo às expectativas dos acionistas de aumentar o valor da empresa e o retorno sobre o investimento. 

 

A Gestão Estratégica de Finanças tem por objetivo assegurar uma gestão financeira eficaz, totalmente alinhada com as necessidades do negócio, garantindo o engajamento de todas as áreas da organização, a reserva e captação eficiente dos recursos financeiros necessários para a execução das estratégias, ao mesmo tempo que controla rigorosamente o bom uso desses recursos, assim como as fontes e a entrada das receitas, mantendo a operação rentável e sustentável ao longo do tempo​.

A implantação de um processo de Gestão Estratégica de Finanças pode ser feita através de:

 

  • Serviços de consultoria: que incluem diagnóstico, identificação e consenso de pontos que precisam de melhoria, construção de planos de ação, e sua implantação e acompanhamento;

 

  • Workshops customizados: sessões semanais com os líderes do departamento financeiro, visando em conjunto, facilitado por um consultor, identificar pontos a serem melhorados, aprender boas práticas, definir planos de ação de melhoria, e propor processos de acompanhamento para sua implantação.

O processo de Gestão Estratégica de Finanças pode incluir atividades como:

  • Alinhar os fundamentos da Gestão Financeira de modo a todos terem o mesmo entendimento e a mesma base para a construção de um processo estratégico para a Gestão das Finanças da organização.

  • Indicadores Econômicos.

  • Indicadores Financeiros.

  • Análise Econômica, Contábil e Financeira.

  • Análise de Demonstrações Financeiras.

  • Análise de Investimentos.

  • Contabilidade Financeira e Gerencial.

  • Gestão Estratégica de Custos.

  • Endividamento.

  • Fluxo de Caixa, Capital de Giro e Liquidez.

  • Governança Fiscal.

  • Planejamento e Gestão Tributária.

  • Gestão de riscos financeiros.

  • Auditoria.

  • Compliance na perspectiva financeira.

  • Etc.

 

  • Conhecer boas práticas de mercado (benchmarks), avaliar quais podem ser aproveitadas na sua organização, e definir cronograma e plano de ação para sua implantação.

​​

  • Entender o atual papel do departamento financeiro e como ele deve evoluir para ser tornar mais estratégico para os negócios, buscando inclusive diferenciais competitivos.

​​

  • Modelagem financeira e construção de orçamentos dinâmicos alinhados com o Plano Estratégico da organização (orçamentos que são revisitados todo mês em função do desempenho dos negócios).

 

  • Entender e aplicar conceitos de “Orçamento base zero” (Zero based budget).

  • Ampliar as capacidades de ler, analisar e interpretar informações financeiras, contábeis e gerenciais, inclusive levando essas capacidades para os demais líderes da organização.

  • Estabelecimento de uma Governança Financeira totalmente integrada com as governanças de Vendas, Operações, Recursos Humanos, etc., assegurando decisões mais ágeis e de melhor qualidade.

 

 

Principais Benefícios

 

  • Alinhamento e integração de Orçamento e Planejamento Estratégico – Assegurar que os recursos (investimentos, recursos humanos, etc.) são distribuídos de forma a maximizar o retorno e garantir a execução das principais estratégias da organização;

 

  • Distribuição de efetiva responsabilidade financeira (Accountability) a todos os líderes da organização – 100% da organização deve ser responsável pela geração de receitas e/ou pelo bom uso dos seus recursos e investimentos, visando sempre uma operação saudável e lucrativa; 

  • Participação ativa e estratégica da área financeira nas decisões de negócio, com total alinhamento entre ela e a as áreas de negócios;

  • Melhor tomada de decisão em relação à todos os aspectos financeiros da organização; 

  • Alinhamento e apoio à conexão entre o nível executivo (Diretoria) e o Conselho de Administração e Acionistas;

  • Governança financeira sólida que maximize os resultados e garanta a entrega da rentabilidade planejada​.